Editora Trem Fantasma

O Homem que Matou Lucky Luke, de Matthieu Bonhomme

 “Ha ha! Eu destruí a lenda! Eu matei Lucky Luke!”

 

O mais antigo cowboy dos quadrinhos franco-belga está de volta! Por muito tempo?

 

Em O homem que matou Lucky Luke, o quadrinista francês Matthieu Bonhomme interpreta o famoso personagem, e seus mais de 70 anos de história, ao seu próprio estilo. Para os antigos fãs dos quadrinhos de Morris e Goscinny, um grande revival das características mais carismáticas do personagem. Mas também um grande ponto de partida para apresentar para novos leitores o lendário homem que atira mais rápido que a própria sombra, adaptando o personagem de maneira moderna e cativante.

 

Cavalgando solitariamente por aí, Lucky Luke acaba em Froggy Town, uma cidade comandada por uma irmandade de autoproclamados xerifes, o Clã Bone. Mas os Bone não estão muito contentes com a presença de Luke, que resolveu investigar por conta própria um certo roubo de uma diligência nas redondezas, pressionando as autoridades locais. Mas Lucky Luke não poderia imaginar que tal investigação o levaria a fazer novos amigos, rever velhos, e levaria à… morte?

 

O Homem que Matou Lucky Luke é uma história única e completa, uma aventura cheia de reviravoltas, que homenageia o melhor dos quadrinhos, da literatura e do cinema de faroeste.

Pode ser lida de maneira independente por novos e antigos leitores do personagem. A edição da Trem Fantasma traz a HQ completa, com extras de produção de Matthieu Bonhomme e textos editoriais.